Estufa para Alface

Uma estufa para plantas, tem como utilidade: proteção das espécies cultivadas, contra possíveis ameaças externas; E também mantém a temperatura interna controlada de acordo com a entrada de raios solares, ou ainda com uma fonte de calor elétrica.
As espécies cultivadas em estufa, recebem uma  grande quantidade de radiação infravermelha, se reproduzem em um ambiente onde o ar quente permanece nas camadas superiores e o ar frio embaixo, e não se propaga para o ambiente externo; Cria um ambiente ideal para espécies sensíveis a mudanças bruscas na temperatura e protege de infestações de insetos. Perfeito para quem coleciona gêneros raros, de espécies como: orquídeas, bromélias, rosas, tulipas ou ainda para quem deseja cultivar plantas nativas de regiões de clima tropical, e moram em regiões de clima frio que apresentam,( frio intenso e prolongado, geada e até mesmo neve).

Estufa para Alface

Há vários modelos de estufas:
▪ Para plantas comuns, (apenas com finalidade de proteger as espécies).
▪ Para plantas raras, (com um controle maior do ambiente).
▪ Para plantações agrícola ou espécies em estudo, (com fim lucrativos ou científico e portanto, altamente controlada).
Um exemplo de estufa para plantas bem conhecido no Brasil é a estufa do jardim botânico, no estado do Paraná, nela é cultivada espécies tropicais, como por exemplo: bromélias, helicônias, banana pedra,entre outras.
Quem mora em apartamento, ou casa sem quintal, a lavanderia envidraçada ou a varanda fechada com vidro podem atuar como uma pequena estufa, e funcionam com um excelente resultado para o cultivo de orquídeas.
E para quem deseja observar a estrutura e funcionamento de uma estufa, tem como alternativa o uso de um aquários grandes, que funcionam como estufa, se for devidamente fechado; No inicio o ideal é começar com plantas que requerem cuidados simples como as cactáceas e suculentas; É importante que a estufa fique em um local que receba luz solar direta, água e adubo.

 

 

Webdesign - Leandro Toricelli